Mulheres inspiradoras – Coco Chanel

clutch-esmeralda

Gabrielle Bonheur Chanel, mais conhecida conhecida como Coco Chanel, foi uma estilista francesa de sucesso.

Sua história

 

Depois que a mãe faleceu, o seu pai, que era um vendedor, enviou ela e seus irmãos para um orfanato.

Lá ela aprendeu muitas coisas, dentre elas: costurar. Quando ficou mais velha, se envolveu com Arthur Capel (conhecido como Boy) que lhe ajudou no grande passo para o começo de sua futura carreira como estilista. Ele ajudou Chanel a abrir um estúdio para vender chapéus e acessórios em Paris.

Logo mais ela abre uma loja e começa a vender roupas e muito mais.

Seu diferencial

O diferencial de suas criações era que seus modelos eram mais confortáveis e úteis, com menos enfeites desnecessários e sem os corsets e espartilhos que eram muito usados na época. Por sinal ela não gostava disso de jeito nenhum e considerava como uma moda inadequada.

Ela se inspirava, em grande parte, no guarda roupa masculino, isso foi muito inovador no século XX. Suas peças representaram um grande passo, se não, uma revolução, no mundo da moda. No início suas ideias não eram muito populares, mas com o tempo, as mulheres começaram a aderir o estilo de Chanel que se tornou um enorme sucesso, e é assim até hoje.

Os tweeds e cardigans são como uma marca dela, já que saíram de sua mente brilhante e criativa.

A Coco lançou, também, um perfume chamado Chanel n°5, com uma fragrância floral e com aldeído.

Curiosidades

Existem muitas curiosidades em volta dessa estilista, como o corte de cabelo Chanel que foi mais uma inovação já que as mulheres costumavam usar cabelos longos.

Também tem o pretinho básico que devemos à ela, bolsas com correntes maiores e mais práticas e também criou calças para mulheres, algo que marcou a moda feminina.

Ela morreu em 1971 com 88 anos, depois de ficar doente de repente. Em sua cova existem 5 leões representando seu signo.

Como você deve ter percebido, a Chanel abriu novos horizontes, inovou e criou um estilo completamente diferente do seguido em massa naquele século. Ela inspirou muitos e trouxe conforto para o guarda-roupa feminino. Arthur Caliman moda festa – Cada momento é único.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a noiva não tem pai quem entra com ela? Vestido para mãe da noiva: qual a cor ideal? Vestido de noiva: comprado, alugado ou sob medida? Vestido para mães dos noivos: um para cada estação Vestido para a mãe da noiva: como deve ser?