05 dicas certeiras para escolher o vestido de madrinha

Ser convidada para ser madrinha de um casamento é sempre uma honra, e além disso uma grande oportunidade de acompanhar mais de perto a preparação e o grande dia do casal. Mas esse convite vem também com muitas responsabilidades, e uma delas é a de escolher o vestido ideal para a cerimônia.

Essa escolha pode ser um grande desafio, mas com algumas dicas estratégicas é possível escolher o vestido perfeito de madrinha sem grandes dificuldades. Confira a seguir 5 dicas que irão te ajudar nessa empreitada.

1- Leve em conta o local e horário da cerimônia

As primeiras questões a serem levadas em consideração são o local onde será feita a cerimônia e o horário da mesma. Essas variáveis são fundamentais para que as madrinhas possam escolher um modelo que se encaixe na festa, e tendo-as em mente fica muito mais fácil manter o foco e tomar uma boa decisão.

Em casamentos realizados na praia ou no campo, por exemplo, é essencial atentar para o cumprimento do vestido, já que terrenos instáveis podem dificultar a locomoção e causar algum acidente. Para evitar que seu vestido te atrapalhe ou que a barra enrosque em algum lugar, escolha modelos não tão longos para esse tipo de ocasião.

Se o evento estiver marcado para a parte da manhã ou durante a tarde, dê preferência por tecidos leves, como o crepe. Já se o casamento for à noite, você pode optar por modelos mais sofisticado, glamourosos e com brilhos e decotes adequados.

Leve em consideração também a estação do ano. Se o evento ocorrer no inverno, por exemplo, talvez não seja uma boa opção investir em um modelo tomara que caia, da mesma forma como tecidos muito pesados podem te atrapalhar em cerimônias marcadas para acontecer durante o verão, e assim por diante.

Procure se informar também a respeito da formalidade do evento, e qual o tipo de traje solicitado pelos noivos: esporte, esporte fino, social, etc.

2- Há um padrão estipulado pela noiva? Siga-o!

Muitas noivas preferem deixar a escolha dos vestidos das madrinhas a critério de cada uma, enquanto que outras optam por estabelecer um padrão que crie uma harmonia entre elas, seja quanto aos tons ou comprimento do modelo.

Nesse último caso, é fundamental que a escolha da noiva seja viável e que seja avisada com bastante antecedência, dando tempo suficiente para que as madrinhas possam escolher um modelo de acordo com as preferências explicitadas.

Ao invés de optar por uma única cor, muitas noivas têm escolhido uma gama de cores ou sub-tons, o que, em conjunto, fica uma graça! Além disso, há um leque maior de possibilidades para as madrinhas escolherem.

Marina Ruy Barbosa escolheu tons sobre tons, sem especificar o modelo em si
Marina Ruy Barbosa escolheu tons sobre tons, sem especificar o modelo em si

Já quanto ao comprimento, já não é mais obrigatoriedade que toda madrinha use vestido longo, como era antigamente. Mas isso também deve ser conversado com a noiva, que pode explicitar a preferência por um comprimento em específico, ou deixar essa questão a seu critério. Caso você possa escolher, seu vestido de madrinha pode ser midi, curto ou longo, sempre de acordo com o tom da festa e avaliando as questões comentadas anteriormente.

Há também a opção de combinar a decoração e o vestido das madrinhas, o que também é uma decisão pessoal da noiva, podendo variar bastante de acordo com cada cerimônia.

Caso a noiva opte de fato por seguir um padrão específico, o ideal é que o vestido dela seja escolhido primeiro, para que posteriormente sejam escolhidos os vestidos das madrinhas. É importante que todos os vestidos estejam alinhados, e que tenham alguma harmonia entre si. Uma noiva com vestido clássico, por exemplo, pode acabar ofuscada caso as madrinhas optem por usar modelos mais arrojados.  

É importante que você se alinhe com os desejos da noiva
É importante que você se alinhe com os desejos da noiva

Por isso é de extrema importância que você converse com a noiva. Pergunte a opinião dela a respeito da sua escolha e, se for o caso, solicite sugestões. Como ela possui um panorama mais amplo da cerimônia como um todo, sua ajuda pode ser fundamental para te ajudar a fazer uma boa escolha.

3- Escolha um modelo que valorize seu corpo

Reconhecer o seu tipo de corpo é fundamental para fazer boas escolhas em qualquer setor do seu vestuário, mas no que diz respeito a vestidos formais isso é ainda mais importante, já que nem todas as mulheres ficam bem no mesmo tipo de vestido.

É preciso escolher um modelo que valorize as qualidades do seu corpo e disfarce o que te incomoda. Dessa forma você tem a garantia de que irá se sentir segura, bonita e confortável no dia do evento.

É importante escolher o modelo que melhor valoriza
É importante escolher o modelo que melhor valoriza

Em seu livro “Na Moda”, a modelo, consultora de moda e apresentadora de televisão Isabella Fiorentino ensina suas leitoras a identificar o seu biotipo. Uma de suas principais dicas é a de que, para vestir-se bem, você deve saber como é o seu corpo e não como gostaria que ele fosse.

Para descobrir o seu biotipo, comece tirando medidas do seu corpo, como da circunferência dos ombros, da cintura e dos quadris. Ter uma noção da relação entre essas medidas é o que vai te ensinar a escolher as roupas ideais para o seu corpo.

O corpo do tipo ampulheta, por exemplo, possui ombros e quadris com a mesma medida, e cintura mais fina. Aposte em vestidos com o colo exposto e blazers acinturados, e evite peças justas e blazers com barra volumosa.

Mulheres que têm o biotipo retângulo possuem ombros, cintura e quadris com a mesma medida. Aposte em peças com decote quadrado, e evite vestidos justos.

Já o corpo do tipo oval possui cintura arredondada e braços, costas e pernas mais cheinhos. Nesse caso, o segredo é apostar em decotes no formato V ou U e vestidos transpassados.

Se você possui o corpo no formato triângulo, então seus ombros são menores que os quadris. Aposte em peças com estampas e decotes em V ou canoa, e evite modelos frente única.

Megan usa e abusa do decote canoa
Megan usa e abusa do decote canoa

Por fim, o corpo do tipo triângulo invertido tem os quadris menores que as costas e os ombros, normalmente com pernas finas. Opte por itens com volume na região dos quadris, e evite vestidos justos e peças fechadas até o pescoço.  

Após identificar qual o seu biotipo, procure por um modelo de vestido que valorize as suas qualidades de acordo com as dicas acima. Dessa forma será muito mais fácil encontrar o modelo perfeito, que harmonize suas curvas e faça com que você se sinta segura e bonita.

4 – Converse com as outras madrinhas

Conversar com as outras madrinhas do casamento é outra questão fundamental para acertar em cheio na escolha do seu vestido. Dessa forma, vocês podem tentar chegar em um acordo que facilite para todas.

Se não for possível encontrar todas pessoalmente, você pode criar um grupo no Facebook ou WhatsApp, ou, ainda, realizar uma conferência via Skype. Assim, cada madrinha poderá mostrar suas opções e inspirações, e trocar dicas e sugestões com as outras escolhidas.

5- Aposte nas tendências

Por fim, a dica mais certeira para escolher o vestido de madrinha é apostar nas tendências!

Os tons pastéis, por exemplo, estão super em alta, e são uma opção muito fácil de agradar. Os nudes também estão fazendo muito sucesso. Basta atentar para o tom ideal para o seu tom de pele, de maneira que não apague o seu visual. Em função disso, os tons rosados de nude são geralmente uma escolha mais acertada do que os tons amarelados.

Para não errar, aposte nas tendências!
Para não errar, aposte nas tendências!

Por outro lado, se você tiver receio de arriscar em modelos e cores mais arrojados, há sempre a opção de apostar nos clássicos. Assim não tem como errar! Algumas opções de modelos de vestidos de madrinha nunca saem de moda. Os tons de azuis, vermelhos e verdes, por exemplo, sempre fazem sucesso. Quanto aos tecidos, sedas e organzas são uma boa pedida, garantindo a fluidez e leveza ideais para esse tipo de evento.  

As únicas cores que devem de fato ser evitadas são o branco e o off white, já que são tons geralmente escolhidos pelas noivas.

Vestidos de madrinhas de casamento

Agora que você já tem algumas inspirações e orientações de como escolher pelo seu vestido de madrinha, é hora de sair a procura do modelo ideal. Aplicando as dicas citadas aqui, não tem como dar errado.

Mas antes veja também – As dicas de vestidos longos para arrsar como madrinha

Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *