O que é uma beca de formatura?

O fim da trajetória de um estudante é a formatura. Aguardada ansiosamente por ele e também pela família e amigos, esse momento é único e maravilhoso.

Não importa se fez duas, ou três faculdades, o momento da formatura sempre será de extrema importância, afinal marca o término de um longo e árduo caminho. Contudo, é necessário ter as vestes apropriadas para cada ocasião, não é? Então, vamos conhecer um pouco sobre a beca de formatura.

É nessa cerimônia, a colação de grau, que o estudante se torna oficialmente um graduado. Recebendo a certificação de estar pronto para adentrar à sua profissão. Oficializando assim o término do curso e concedendo ao estudante um novo nível acadêmico. A beca utilizada pelos formandos normalmente são pretas e cobrem o corpo todo, além de um capelo, aquele também conhecido como chapeuzinho de formando!

Cada curso tem sua cor, por decorrência da pedra do curso e sua respectiva cor, e isso também influencia na coloração da beca, de forma geral. Uma vez que as becas são quase sempre pretas, e o que muda são as cores da faixa, pingente do capelo e capa.

Vale lembrar que há cursos que possuem duas cores de pedras, então irá depender daquela que o conselho regional da profissão determinou.

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre a origem e o significado de cada item que compõem as vestes dos formandos.

Qual a origem da beca na formatura?

 Para compreendermos a origem da beca, será necessário retornarmos até a antiga Roma e utilizar de seu primeiro nome: a toga.

Toga de formatura
Toga de formatura

A toga era uma vestimenta usada pelos romanos, em tempos de paz, que juntamente da túnica, serviam para distinguir aqueles que possuíam um destaque dos demais e somente quem fosse um cidadão da alta classe poderia usá-la, especialmente os senadores. A túnica era um item usado por baixo, feita de lã branca, e logo por cima vinha a toga que inicialmente era confeccionada de lã, mas que foi substituída pelo linho, vindo a ser mais longa.

Para cada função, havia uma toga diferente. Como as togas usadas por crianças, jovens adultos, até mesmo os candidatos a cargos públicos, pobres e para ocasiões de luto, o fim. Esta última tinha a cor preta, e era também utilizada em cerimônias solenes e magistraturas.

Como citado, vários tipos de togas foram utilizados, sofrendo mudanças ao longo do Império, mas seu simbolismo prevaleceu durante eras, ou seja, o de distinção de classe social, nas relações de poder entre os grupos componentes da sociedade romana. Até hoje para os romanos, o sentido da toga se relacionava à memória dos seus ancestrais, pois era uma vestimenta própria dos oradores, dos magistrados, dos senadores.

Muito tem se falado dos homens que usam togas. Uma vez que a item de curiosidade, as mulheres iniciaram o uso de toga, mas logo substituíram por uma espécie de vestido denominada stola. Portanto, somente os homens deveriam usar a toga, e as únicas mulheres que poderiam usar, seriam as adúlteras e que foram sentenciadas.

Com o passar dos séculos, a toga foi deixando de ser usada rotineiramente. E no século XVII, apenas os homens mais velhos e de proeminência que costumavam usar a toga. Conforme o tempo passou, a toga sofreu alterações em sua forma e momentos de usar, mas seu verdadeiro significado perdurou por todos esses anos, inclusive quando deixou de ser usada pelos sujeitos diversos e ficando a mão apenas em momentos de rituais e uso do Direito.

Como falado anteriormente, a cor preta era usada como representação do luto e do término pelos romanos. Mesmo se tratando de uma cor que possui todas as outras, o preto sempre foi associado a morte, a escuridão. Por decorrência disso e outros fatores, poucas pessoas usam a cor preta, por acreditarem que esta, possuía ligações com as trevas.

Com o passar dos anos, a cor preta foi ganhando poder e destaque, vindo a ser a escolhida por reis e líderes religiosos como uma cor de dignidade e poder. Podemos entender que talvez a escolha da cor da beca, além de se tratar de um ritual de término do estudante, ela simboliza a representação de poder e destaque perante aos demais, sendo luxuosa e glamorosa estando a altura dos formandos nesse momento tão esperado.

A beca propriamente dita, tem origens francesas, tendo variantes em seus modelos de traje tanto para solenidades até sessões e audiências. Foi somente no século XIII que as universidades europeias começaram a utilizar as becas em suas cerimônias acadêmicas bem como o surgimento da mais alta figura de autoridade do campus, o Reitor.

Mesmo após muitos séculos depois, o traje dos formandos é diferenciado por ser uma veste longa, indo até os calcanhares e de coloração usualmente preta, ou seja, ainda mantém o propósito com que foi criado, de chamar a atenção e enaltecer quem as usa.

Por se tratar de uma vestimenta que se estende até os calcanhares, é conhecida como veste talar, tendo como derivação a palavra do latim talus, que quer dizer tornozelo ou calcanhar.

Quais os componentes do traje de colação de grau e formatura?

 Beca

Como já citamos, a beca é o item mais importante, se tratando de uma espécie de manto, devendo chegar até os calcanhares. Com mangas compridas que cheguem até os dedos da mão.

Capelo

Vulgarmente chamado de chapéu de formando, o capelo também é conhecido como barrete. Consiste num chapéu com um pingente no meio, que recai para o lado, que é usado após a concessão de grau. Lembrando que o pingente deve ser posto do lado esquerdo.

Jabor

É um item que lembra muito um babador de bebê, que comumente é branco e colocado próximo ao pescoço do formando.

Faixa abdominal

A faixa segue a cor do curso do formando. Sendo colocada na altura da cintura, por cima da beca.

Capa

Por fim a capa. Possuindo duas cores, de um lado o preto e do outro, a cor do curso do formando. Deve ser colocada sobre os ombros, por cima da beca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 vestidos de noiva para mini wedding 10 vestidos de festa plus size 10 vestidos de festa para casamento civil 10 vestidos para mães dos noivos Vestido com fenda: Ideias para usar em eventos sociais