O que envolve a cerimônia de formatura?

 A cerimônia de formatura é uma união de regras que tem como objetivo organizar o desenvolvimento da prática solene. Integra processos como ordem, respeito, elegância, hierarquia, disciplina, bom gosto, bom senso e simplicidade.

Esse grande evento marca a conclusão de fases no meio acadêmico. Quando a formatura é do Ensino Médio, está relacionada também com os estudos e preparação pré-vestibular, da despedida dos amigos de escola e da entrada no mundo adulto, ou seja, o momento de escolher um campo profissional para se intitular e se especializar.

E quando o assunto é cerimônia de formatura da faculdade, algumas delas no, momento atual, estão mais modernas e antenadas nas novidades, começando a optar por eventos mais inovadores, sem deixar de se basear nas normas fundamentais de respeito ao procedimento das cerimônias de formatura.

De que forma surgiu o cerimonial?

Por causa do acelerado desenvolvimento das relações institucionais no contexto acadêmico, uma gama de regras foi desenvolvida para melhorar a execução dos novos papéis sociais e, dessa forma, aconteceu o nascimento da cerimônia de formatura.

A palavra cerimônia origina-se do latim caerimoniale e tem referência nos rituais/cerimônias religiosas, essas que, desde os tempos passados, eram repletas de normas e regras das entidades tribais. No entanto, foi na época da Idade Média que conquistou o seu espaço nas cortes feudais europeias.

Quais as funções elementares de um cerimonial?

Assim como foi citado acima, a tendência nos dias atuais da cerimônia de formatura é a simplicidade. Diversas normas ficaram antiquadas para agregar ao momento e foram descartadas. Dessa forma, as funções fundamentais ligadas ao cerimonial são:

  • Função pedagógica: ensino de cultura e civilização da instituição;
  • Função gratuita: atividade lúdica, música, brindes, festividade, frivolidade, hedonismo que pode descaracterizar a etiqueta do evento solene;
  • Função legislativa: decifração das normas e preceitos em regras de protocolo e cerimonial, nos acordos externos e internos;
  • Função semiológica: linguagem diplomática e internacional, linguagem formal, fórmulas e tratamento de cortesia, expressão e redação oficial;
  • Função ritual: além das prioridades, os preceitos e gestos, privilégios e honrarias e símbolos de poder.

Quem é o responsável pela organização cerimonial do evento?

A responsabilidade pela cerimônia de formatura é da Universidade, escola ou colégio.

A Reitoria da instituição deve realizar as coordenadas conforme o protocolo e supervisão do evento, ou seja, qualquer mudança ou inclusão do roteiro precisa ser aprovado pela Reitoria, e em algumas instituições está vinculado também ao Setor de Comunicação Integrada.

Quais as exigências solenes quando as cerimônias de formatura são organizadas por empresas terceirizadas?

Quando as organizações cerimoniais são realizadas diante da contratação de empresas terceirizadas, devem ser passadas todas as orientações para a execução do evento conforme a instituição deseja.

É de responsabilidade das empresas contratadas conduzir o uso da beca, do capelo e das faixas relacionadas a cada curso, além da produção das placas de curso. É fundamental garantir a observância do cerimonial e da organização de protocolo do evento solene em questão.

Além disso, é função da empresa organizar o local e promover a decoração, filmagens, iluminação, fotografias e outros equipamentos para que tudo ocorra em perfeito ordem e harmonia.

Existe um roteiro a ser seguido durante o cerimonial de formatura?

Sim, existe um planejamento como base para a realização do evento, no entanto, cada instituição pode variar de acordo com as suas normas históricas, valores e cultura.

É necessário roteiro e organização para o evento

Mas, confira abaixo como o roteiro básico de um cerimonial de formatura é composto:

  • Composição da mesa diretora: Normalmente, a mesa é constituída pelo Diretor ou Reitor do local, professores e coordenadores de curso e pelo paraninfo;
  • Introdução dos formandos no local da cerimônia: Esse é o primeiro momento da formatura em que os graduandos vão aparecer e brilhar pela sua conquista. O mestre de cerimônias ou cerimonialista será o responsável por chamar cada um da turma para o palco. A chamada pode ser organizada em ordem alfabética;
  • Abertura oficial: O cerimonialista irá convidar o Diretor ou Reitor para realizar a abertura oficial da cerimônia. Basicamente, o mesmo irá saudar todos os presentes no local e anunciará o início do evento solene;
  • Execução do Hino Nacional Brasileiro: O mestre de cerimônias irá convidar todos para se levantar e acompanhar o canto do Hino Nacional Brasileiro. De acordo com o nível de formalidade da cerimônia, a canção pode ser executada pela metade ou na íntegra;
  • Discurso do orador da turma: O orador é responsável por realizar o primeiro discurso da cerimônia de formatura. Para não errar, opte por um colega de sala que seja espontâneo, eloquente, se dê bem com todos e o principal, se comprometa em elaborar um texto conciso, com conteúdo e emocionante;
  • Juramento: Esse momento também é executado por um colega de sala, que deve declarar o juramento em pequenas frases para que todos os outros formandos possam repetir;
  • Aceitação do juramento pelo magnífico reitor ou seu representante legal;
  • Discurso do paraninfo: Este é um momento muito importante para a turma, onde a mesma será homenageada pelo paraninfo que é como padrinho ou madrinha da sala ou curso. Por isso, escolham um professor que seja uma grande inspiração para todos e que tenha acompanhado a caminhada de vocês de perto.
  • Chamada nominal dos formandos para o recebimento do diploma: Em ordem alfabética, os graduandos serão chamados para o recebimento dos seus certificados de conclusão das mãos do paraninfo ou membros da mesa.
  • Premiações e Homenagens: Este momento é marcado por relembrar todos os familiares, professores e funcionários que apoiaram a trajetória de cada um, por isso vale a pena planejar uma homenagem bem bonita em forma de agradecimento. E normalmente, há premiações para o melhor aluno do curso ou de algum professor em especial.
  • Discurso do reitor ou a autoridade máxima que estiver presente: Mais uma vez, o mestre de cerimônia irá passar a palavra para o Diretor, Reitor ou seu representante legal da instituição. Ele tem como responsabilidade realizar um discurso em nome da universidade ou escola e, em seguida, declarará o encerramento da cerimônia de formatura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a noiva não tem pai quem entra com ela? Vestido para mãe da noiva: qual a cor ideal? Vestido de noiva: comprado, alugado ou sob medida? Vestido para mães dos noivos: um para cada estação Vestido para a mãe da noiva: como deve ser?