Menos é Mais: Modelos de vestidos simples e elegantes que nunca saem de moda

Vestidos de festa atemporal Arthur Caliman.

Ao investir em um vestido de festa, é normal que as mulheres tenham dúvidas quanto ao modelo e cor.  Assim, uma ótima opção e também para ter sempre em seu guarda-roupa um vestido de festa atemporal e que poderá ser usado muitas vezes.

Tenha sempre em seu guarda-roupa um vestido de festa atemporal.
Tenha sempre em seu guarda-roupa um vestido de festa atemporal.

Vale ressaltar que para que se mantenha a atemporalidade da peça, é preciso ter atenção ao corte.

Assim, os decotes e fendas não devem ser muito ousados e o modelo não deve marcar demais a cintura, busto ou quadril.

Quanto menos detalhes o vestido tiver, certamente, mais clássico será o modelo. A cor também é algo que se deve levar em consideração.

O ideal é escolher tons mais neutros e que permitam diversos tipos de combinação.

A seguir, veja  o que levar em consideração na escolha de um vestido de festa atemporal:

1. Vestido monocromático

Os vestidos de festa monocromáticos, ou seja, de uma cor só, são versáteis e podem ser usados em festas tanto de dia quanto de noite. As cores neutras são uma aposta clássica e certeira.

Os vestidos monocromáticos são mais fáceis de combinar. Dê preferência por cores neutras.
Os vestidos monocromáticos são mais fáceis de combinar. Dê preferência por cores neutras.

Se você não quiser um visual totalmente monocromático, vale apostar em acessórios mais coloridos e chamativos.

Dentre essas cores, destacamos que é muito interessante ter um vestido de festa preto, por ser uma peça bastante democrática e que fica bem em todo mundo.

Em um vestido de festa totalmente preto, usar sapato e bolsa coloridos ou com brilhos são super bem-vindos.

Ao usar um vestido todo preto, você pode ousar nos acessórios.
Ao usar um vestido todo preto, você pode ousar nos acessórios.

2.     Vestido de festa atemporal com fenda

O vestido de festa com fenda é uma peça sensual e, ao mesmo tempo, elegante.

A fenda pode aparecer em apenas uma lateral, nas duas ou no meio. A abertura também pode ser de diversos tamanhos, a depender do quanto você quer mostrar a perna.

Uma boa dica para não errar na escolha de um vestido com fenda é preferir modelos em que o busto seja mais discreto em relação ao decote. Isso evita que o vestido fique carregado com muita informação.

Os vestidos com fenda são um clássico da sensualidade e podem aparecer de diversas formar.
Os vestidos com fenda são um clássico da sensualidade e podem aparecer de diversas formar.

3.     Slip dress

O slip dress , recebe esse nome por ter semelhança com a modelagens de lingerie e camisolas.

O modelo slip dress é um clássico de elegância e perfeito para compor um visual clean, sofisticado e também muito sensual, pois valoriza o corpo de forma sutil e sexy.

Os tecidos usados nesses vestidos devem ser macios e fluídos. Opções frequentes para esse modelo são cetim e seda.

Basta combinar com acessórios delicados, como uma sandália de tiras.

O modelo slip dress é inspirado em roupa de dormir e é tido como um vestido atemporal elegante e sexy.
O modelo slip dress é inspirado em roupa de dormir e é tido como um vestido atemporal elegante e sexy.

4.     Vestido tubinho

Esta modelagem é, certamente, a mais clássica e atemporal. Toda mulher deve ter um vestido de corte reto e clássico em seu guarda-roupa.

O vestido tubinho é tido com um dos maiores ícones da moda feminina e surgiu na década de 1960.

O modelo é uma criação do estilista francês Yves Saint-Laurent. Na época, a novidade causou grande alvoroço por adotar um conceito de moda moderno e ousado para a época, em que predominava as saias rodadas.

O corte reto e justo do modelo destaca as curvas femininas e ressalta a sensualidade e o poder de conquista da mulher.

Pode-se até mesmo dizer que o vestido tubinho é uma representação da independência feminina e uma forma de desconstruir a imagem de “sexo frágil” atribuída às mulheres.

No filme “Bonequinha de Luxo”, um das cenas mais marcantes é protagonizada por Audrey Hepburn usando um deslumbrante vestido tubinho preto.

Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo usando um vestido tubinho preto. Um verdadeiro clássico!
Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo usando um vestido tubinho preto. Um verdadeiro clássico!

O tubinho pode ser incrementado com acessórios mais chamativos e, dessa forma, compor um look sofisticado.

O tubinho é, certamente, um vestido de festa atemporal mais conhecido e usado por mulheres. Raras são aquelas que não têm pelo menos um em seu guarda-roupa.
O tubinho é, certamente, um vestido de festa atemporal mais conhecido e usado por mulheres. Raras são aquelas que não têm pelo menos um em seu guarda-roupa.

5. Vestido tomara que caia

O vestido tomara que caia permanece como tendência há muitos anos, sendo também considerado como um vestido de festa atemporal.

Este tipo de vestido valoriza o busto e pode ser aliado à uma modelagem reta, sereia ou até mesmo estilo princesa, tendo a parte de baixa mais volumosa.

O vestido tomara que caia fica bem tanto em mulheres com pouco busto quanto para aquelas com busto mais avantajado.

O importante é atentar para a modelagem exata do corpo, para que o vestido não fique nem apertado demais e nem folgado.

O vestido tomara que caia é uma escolha perfeita para quem deseja valorizar o busto com o modelo escolhido.
O vestido tomara que caia é uma escolha perfeita para quem deseja valorizar o busto com o modelo escolhido.

Agora que você já conhece os principais tipos de vestidos festa atemporais para se investir, escolha o modelo perfeito na maison Arthur Caliman e tenha a certeza de usar um vestido pensado para ressaltar a beleza e personalidade da mulher, o que é perfeito para eternizar momentos especiais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a noiva não tem pai quem entra com ela? Vestido para mãe da noiva: qual a cor ideal? Vestido de noiva: comprado, alugado ou sob medida? Vestido para mães dos noivos: um para cada estação Vestido para a mãe da noiva: como deve ser?