10 ideias do que fazer com o seu vestido de formatura depois do baile

O que fazer com aquele vestido deslumbrante que você comprou para o seu baile de formatura? Essa é uma das questões a serem levadas em conta na hora de escolher o modelo ideal. Como esse tipo de peça geralmente é bem formal, surge a dúvida se será possível utilizá-la em outras ocasiões, ou se ela só vai servir para juntar poeira no guarda-roupa.

É claro que ninguém compra uma peça de roupa já pensando em encostá-la no fundo do armário. Por isso é importante escolher com consciência, levando em consideração a utilidade que a peça terá posteriormente.

Essa é uma postura fundamental até mesmo no que diz respeito à consciência global e sustentabilidade, ainda mais ao ter em mente o aumento do consumo ao redor do mundo.

O conceito do Slow Fashion promove a conscientização sobre o consumo no meio da moda, gerando reflexões sérias a respeito do consumismo desenfreado que vem crescendo a cada ano. A ideia foi inspirada pelo slow food, e criada pela consultora inglesa Kate Fletcher.

Slow Fashion
Slow Fashion

No ano de 2014, a produção da indústria têxtil chegou a produzir cerca de 6 bilhões de peças em todo o mundo. O Brasil ocupou o 4º lugar no ranking dos países que mais contribuíram com esse número. Mais de 175 mil toneladas de resíduos têxteis são produzidos anualmente em território brasileiro, mas apenas 4% disso é reciclado.  

Para criar essa consciência, é muito importante pensar duas vezes antes de comprar uma peça, bem como na hora de descartá-la. Hoje em dia, consumir de uma maneira mais consciente é fundamental. Para isso, é preciso pensar na qualidade e durabilidade das peças, investindo em roupas atemporais ou que possam ser aproveitadas por bastante tempo.

É justamente essa a pretensão deste artigo: que você possa desfrutar do vestido escolhido para a sua formatura por mais tempo, e da melhor maneira possível. Confira a seguir 10 ideias do que fazer com o seu vestido de formatura depois do baile.

1 – Crie um visual mais descolado

Ainda que a peça tenha uma pegada mais formal dada a ocasião para a qual ela foi escolhida, nada impede que você agregue ela em seu dia a dia.

Para isso, o ideal é pensar em looks mais descolados, e a melhor forma de fazer isso é combinar o vestido com peças e acessórios informais, com os quais você não combinaria normalmente.

Esse truque vai ajudar a quebrar a seriedade da peça, formando um estilo que é uma tendência em ascensão, conquistando cada vez mais espaço no cotidiano das pessoas que gostam de ousar no que diz respeito à moda.

Você pode aproveitar a volta dos tênis ao universo fashionista e combinar aquele vestido longo deslumbrante e com fendas com um tênis tipo all star ou skatista. Essa combinação vai contribuir para formar um visual totalmente urbano e descolado. É importante atentar se a barra do vestido não fica arrastando no chão, pois caso isso aconteça pode arruinar a peça.

O modelito também pode ser combinado com sandálias de salto grosso ou anabela, que ajudarão a aliviar o tom formal do look. Fica incrível!

2 – Combine com jaquetas

Outra ideia bacana para agregar o vestido no seu cotidiano é combiná-lo com uma jaqueta moderninha. Pode ser um modelo jeans, de couro ou até mesmo com a jaqueta bomber, que impõe muito estilo e personalidade ao visual. Você pode usar esse look para ir a uma balada, ou até mesmo para jantar fora.  

Há também outras combinações inusitadas que entraram na moda, como sobreposições com t-shirts e camisas sociais, por exemplo. Isso ajuda a montar um look bem divertido e descontraído.

3 – Abuse dos acessórios

Os acessórios também são itens-chave para contribuir com a melhor usabilidade do vestido de formatura no cotidiano.

Cintos, por exemplo, podem ser grandes aliados. Opte pelos modelos mais grossos, que tenham alguma estampa ou detalhe, como pequenas fivelas, por exemplo. Os cintos irão ajudar a marcar a silhueta e dar um ar street à composição.

Aposte nos acessórios certo
Aposte nos acessórios certo

Maxi bolsas são outra opção bastante interessante e irreverente, que irão se destacar na produção. Escolha um modelo de couro que combine com o vestido e pronto! Já está preparada para arrasar com um estilo totalmente novo e ousado.

Use e abuse de anéis, brincos e pulseiras, que podem tanto ser mais discretos como ter uma pegada mais divertida, com cores vibrantes e formatos modernos. Peças no estilo rocker também são bem vindas e caem bem para neutralizar a seriedade do visual.

Nesse caso, até mesmo um cachecol ou lenço pode contribuir para criar uma composição mais moderna e elegante.

4 – Aproveite a peça para outras ocasiões festivas

Além de poder incorporar o vestido ao seu dia a dia, outra opção deve ser, é claro, aproveitá-lo em outros eventos formais e ocasiões festivas.

Para não deixar aparente que você está repetindo o look, você pode investir em uma produção totalmente diferente da que usou no baile de formatura, com calçados e acessórios de estilos diferentes.

Use esses vestidos em outras ocasiões
Use esses vestidos em outras ocasiões

Se no baile você optou por um estilo mais clássico ou romântico, por exemplo, aposte em acessórios mais modernos e carregados para adequar o vestido a outra ocasião e criar um visual exclusivo.

É claro que o vestido é parte importante da composição de um look, mas sabe-se muito bem que a produção em torno dele faz toda a diferença, sendo capaz até mesmo de transformá-lo em uma peça completamente irreconhecível a depender das escolhas feitas para adorná-lo.

5 – Mude a cor

As dicas anteriores são mais práticas, pensadas principalmente para quem não quer fazer mudanças drásticas na peça. Mas há também a opção de investir em algumas alterações para criar um modelo novo, já que muitas pessoas não conseguem voltar a usar a peça devido a forte associação que fazem com a data em que foi usada.

Dentre essas mudanças, a mais simples é tingir a peça de outra cor. Essa é a melhor alternativa se você gosta do modelo e do corte do vestido, que irão permanecer inalterados, ainda que dará uma aparência totalmente nova à peça.

Tinja e brinque com as cores
Tinja e brinque com as cores

As tintas aplicáveis em tecidos são atualmente muito fáceis de serem encontradas. Para um melhor resultado, é importante se informar sobre qual tipo de tinta é mais aderente ao tecido do seu vestido.  

Vestidos drapeados, por exemplo, são mais complexos de serem tingidos, pois esse tipo de detalhe pode impedir que o procedimento fique perfeito, gerando um efeito manchado. Uma boa dica é acrescentar uma renda no local em que há diferença de tonalidades, isso irá ajudar a disfarçar esse efeito.

Outro detalhe importante no qual é importante ter atenção é com relação ao zíper e a linha utilizados para costurar o vestido, pois dependendo do material, a tinta pode não pegar direito, consequentemente comprometendo o resultado final da customização.

6 – Aposte em novos detalhes

Se você gosta de peças trabalhadas, então pode pensar em customizar seu vestido de maneira mais elaborada. Algumas opções são aplicar rendas, broches ou fitas, ou, ainda, criar um efeito bordado feito com vidrilhos. Isso fará com que o seu vestido fique totalmente com outra cara.

Explorar esses detalhes de maneira criativa e com bom senso é uma maneira de reformar a peça de maneira exclusiva, criando uma combinação que reflita o seu estilo pessoal.

Você também pode fazer um bordado com maxi lantejoulas sobrepostas ou pérolas, de maneira a formar um colar na região da gola do vestido. Essa é uma ideia simples, moderna e descolada para transformar a peça em algo totalmente novo.

Outra opção bacana e super tendência é incorporar um corpete na parte superior do vestido. Use um tom um pouco mais escuro, o que vai ajudar a dar um realce especial à peça. Rendas e bordados também podem ser aplicados nesse caso, ajudando a dar acabamento.

7 – Modifique o comprimento

Se o vestido for longo, você pode encurtar o seu comprimento, ou se for curto, é possível até mesmo alongá-lo, se assim preferir.

Corte e inove no modelo do seu vestido!
Corte e inove no modelo do seu vestido!

Caso opte por encurtar a peça, o ideal é cortá-lo 2 cm mais comprido do que de fato pretende usar. Deixar esse espaço é fundamental para poder fazer a barra, o que deve ser realizado com a ajuda de uma máquina de costura.

Se for o contrário, uma ótima estratégia é completar o comprimento da peça usando tule. Basta fazer a costura na parte de baixo da barra do vestido, usando um pedaço de tule que se assemelhe à cor da peça. Isso vai criar um efeito sereia, que está super na moda.

Veja o vídeo que demonstra algumas possibilidades de mudança e alteração do seu vestido longo

8 – Desconstrua a peça

Ainda no que diz respeito às formas de customização da peça, você pode optar por cortar o vestido ao meio, transformando-o em duas peças, como uma saia e um cropped, por exemplo. Isso vai ampliar as suas opções de looks, e você pode usá-las juntas, como em um conjunto mesmo, ou combinadas com outras roupas.

Reaproveite seus vestidos
Reaproveite seus vestidos

A parte de cima deve ser levemente encurtada. Para um toque romântico, acrescente delicadas rendas na barra do que será o cropped. A cintura da saia deve ficar acima do umbigo, com um toque clássico e elegante. Fica um charme!

A combinação de croppeds com saias está super em alta, e compõe atualmente a maioria dos guarda-roupas femininos. Esses itens se complementam perfeitamente, ainda mais nesse caso, se forem feitos a partir de uma mesma peça de roupa, como o seu vestido de formatura.

9 – Venda o vestido

Por fim, caso nenhuma dessas opções te pareça viável ou atraente, há sempre a opção de praticar o desapego e passar a peça para a frente. Se você não vê mais utilidade na peça, não há porque mantê-la em seu guarda-roupa, enquanto outras pessoas podem fazer bom uso dela.  

Se você escolher vendê-lo, pode conseguir descolar uma boa grana com a peça, quem sabe até mesmo um valor aproximado ao que foi pago quando a comprou, dependendo da situação do vestido. Você pode participar de nossos encontros FTW – Fashion Trade Weekend na Maison Arthur Caliman de São Paulo, são 2 encontros únicos anuais, onde você tem a oportunidade de encontrar interessados por seu legitimo AC e ainda contar com a assistência da equipe AC e da Arranjos Express que garante o ajuste! Ou ainda você pode  divulgar a venda na internet, em grupos de redes sociais ou mesmo em sites especializados para esse tipo de transação. 

10 – Que tal doá-lo?!

Caso você queira se desfazer do seu vestido de formatura, mas não vê motivo para vendê-lo, uma ótima opção é doá-lo. Você pode ofertar a peça a uma amiga que também está para se formar mas anda sem grana para investir em um vestido novo, ou para alguém que precisa de uma peça elegante para ir a um casamento ou evento mais formal.

Veja também o que fazer com seu vestido depois da festa!

Ou ajudar uma instituição bacana como a Dorina Nowill ou a APAE e em troca ganhar vouchers de desconto da marca Arthur Caliman

Brinde: Faça coisas diferentes

Que tal pular na piscina e ter alguns cliques incríveis?

Fotos tiradas abaixo d'Água
Fotos tiradas abaixo d’Água

Quanto mais solto for o seu vestido, mais legal ficará o visual! O bacana é que você se programe para fazer esses álbuns depois da formatura, quando o vestido já estiver demonstrado todo o valor que ele poderia agregar.

Para se ter uma ideia de como funciona, observe o vídeo abaixo:

São diversas as opções do que fazer com o vestido após o seu baile de formatura. Só não vale deixá-lo esquecido no fundo do armário, hein?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 vestidos de noiva para mini wedding 10 vestidos de festa plus size 10 vestidos de festa para casamento civil 10 vestidos para mães dos noivos Vestido com fenda: Ideias para usar em eventos sociais